Gestão de recebíveis em tempos de crise: o que esperar do meu setor de cobrança?

26/3/2020
11:01

No conteúdo anterior, vimos que as ferramentas digitais passam a ser não só essenciais, mas também urgentes neste momento atual que estamos vivendo no Brasil. Isso, porém, não significa que o momento de cobrança humana esteja totalmente descartado. Aliás, muito pelo contrário. E é isso que nós vamos entender um pouco mais aqui.

 

Quando falamos de cobrança humana, a primeira referência que podemos trazer a mente é o operador insistente que indiscriminadamente liga para a base de números a ser cobrada. De fato, não podemos afirmar que esse modelo não existe mais, porém, o que os dados nos mostram é que, hoje, esse modelo não é mais eficaz.

 

Principalmente quando levamos em conta o cenário atual do Brasil, fica perceptível a incoerência desse tipo de ação. Mas então, como a sua empresa pode proceder?

 

Esse isolamento social veio para apressar ainda mais uma revolução tecnológica que há muitos anos ameaça se solidificar no Brasil, mas sempre encontrou muita resistência. E a resistência maior, ao contrário do que se pode pensar, vem principalmente de quem mais deveria abraçar essa revolução: diretores e executivos de grandes empresas do país.

 

Uma empresa que ainda procura fazer sua gestão de recebíveis através apenas do modelo tradicional de cobrança está, hoje, percebendo os efeitos dessa decisão. Já aquelas que se prepararam ou buscaram suporte em uma assessoria de gestão de recebíveis, consegue hoje perceber que o investimento em novas tecnologias fazem toda a diferença em momentos de crise. Afinal, quantas vezes você já imaginou que o seu setor de cobrança precisaria fazer os atendimento em home office? E caso fosse necessário, sua empresa seria capaz de arcar com todos os trâmites tecnológicos para que o atendimento fosse feito com segurança e resultado, assim como dentro da empresa?

 

Essa já é a realidade das operações que contam com a Meireles e Freitas: atendimento seguro - tanto para o operador, quanto para os dados dos nossos clientes - e eficaz. Aqui, estamos vendo esse momento como mais uma fase do nosso processo de transformação digital. Nossas equipes estão atuando seguras em casa, pois caminhamos junto aos processos e avanços tecnológicos e atualmente contamos com as principais ferramentas do mercado para atuação em todos os níveis - e em todos os cenários - da gestão de recebíveis.

 

Quando falamos em home office, seja qual for o modelo da empresa, falamos necessariamente em soluções em nuvem, ou seja, soluções que possam ser acessadas a qualquer momento, de qualquer computador, em qualquer local do mundo. Todas as soluções necessárias para o bom desempenho e atuação diária dos nossos operadores já se encontravam acessíveis em nuvem. O processo de colocar essas soluções em nuvem não é um processo rápido, muito menos fácil. Envolve muita tecnologia da informação e, especialmente, tecnologia de segurança da informação. Afinal, sabemos que dados são o item de maior valor que uma empresa pode ter hoje em dia.

 

Falando agora para atuação específica de setores que trabalham com telefonia, é necessário também que a própria central telefônica esteja na nuvem e que a empresa, veja bem, garanta que o seu operador tenha um bom acesso à internet. E esse acesso precisa ser necessariamente via cabo, pois o acesso via wi-fi pode causar pequenas oscilações que, quando falamos em acesso site e redes sociais podem passar despercebidos, mas em se tratando de telefonia, pode causar interrupções graves de comunicação, o que pode levar a ligação a cair. Sabendo que as ligações são ativas, feitas por discador, fica ainda mais perceptível a importância de uma boa conexão com a internet.

 

Para além das ferramentas e processos tecnológicos que fazem a cobrança ser possível em home office, é necessária que a cobrança não seja só possível, mas também efetiva - o que passa pelo desempenho do próprio colaborador. Por isso, a Meireles e Freitas conta com um setor de Treinamentos, responsável por capacitações nas equipes e, aliado ao setor de qualidade e supervisores, buscam infundir no operador o exercício da autogestão - tão necessário em momentos de home office. Assim, nos momentos de avaliação one-o-one, os operadores também são incentivados a analisar seus processos e atendimentos, percebendo gaps e pontos de melhorias.

 

Além disso, as equipes também possuem ferramentas de evolução e avaliação de desempenho, o que torna ainda mais eficaz o acompanhamento remoto desses colaboradores e consegue agilizar o alinhamento de dúvidas de processos que venham a acontecer. Nossas áreas de Inteligência de Negócio e Qualidade possuem sistemas capazes de produzirem relatório até mesmo de hora em hora, de acordo com a necessidade do cliente: tudo isso, para tornar o acompanhamento do desempenho ainda mais próximo do operador.

 

Tecnologia e gestão alinhadas fazem toda a diferença. O que para algumas empresas pode ser uma mudança sem precedentes, para outras pode ser apenas mais um processo. E a sua empresa, está preparada para manter o recebimento nesta época de crise?

Podemos te ajudar! Entre em contato conosco através do telefone e whatsapp: (85) 99778-0071, clicando aqui ou pelo e-mail: larissaqueiros@meirelesefreitas.com.br