[PASSO A PASSO] PARA NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS: COMO TER UMA POSTURA DE CONCILIAÇÃO NO DIÁLOGO COM O CLIENTE

1/10/2020
14:40

Quando o assunto é a negociação de dívidas entre uma empresa e o seu cliente, é necessário estar preparado para um bom diálogo e pronto para assumir uma postura conciliadora, pois, nesse momento, uma boa comunicação entre a empresa e o seu consumidor pode evitar futuras dores de cabeça. 

 

É importante frisar que negociação e relacionamento andam juntos, por isso a importância de fazê-la da melhor forma possível, mantendo o seu relacionamento com o cliente sólido e, consequentemente, trazendo um retorno positivo para o seu negócio. 

 

Mas como fazer uma boa negociação? Como ter um bom diálogo para preservar a relação com o meu cliente e ter um retorno positivo? A seguir, mostramos algumas dicas para que esse momento crucial seja, de fato, efetivo.  

 

Entenda que a negociação não é uma disputa: 

Este momento não se trata de convencê-lo a aceitar a sua proposta, pois não se trata de uma competição. Muitas vezes será necessário abrir mão e “baixar a guarda” para demonstrar que o seu principal intuito é resolver o problema. 

 

Venâncio Freitas, CEO da Meireles e Freitas Cobrança Digital, entende que o melhor parâmetro para uma negociação bem sucedida é ver quando ambas as partes saem ganhando. Isso dependerá da abordagem de quem faz a cobrança, demonstrando que tem interesse em manter o devedor como cliente. “Essa atitude pode ser chamada de ‘ganha-ganha’, isto é, quando a negociação é bem feita e todos os envolvidos saem ganhando por conseguirem chegar a um caminho comum, preservando o relacionamento empresa-cliente”, explica o executivo. 

 

Conheça o perfil do cliente devedor:

Conhecendo o perfil do devedor e o tipo da dívida, você conseguirá traçar uma abordagem mais assertiva para negociar. Também é interessante procurar entender o motivo da inadimplência, pois, compreendendo a situação do cliente, é possível apresentar uma proposta razoável, além de demonstrar uma aproximação, o que é bem positivo para o relacionamento. 

 

Facilite a negociação: 

Após conhecer com quem você está lidando e o tipo da dívida daquela situação, será mais fácil propor soluções durante a negociação. Ao identificar que o cliente tem boas intenções e deseja achar a melhor maneira de pagar a dívida, pode ser interessante flexibilizar a cobrança, mostrando que o objetivo é solucionar a questão. 

 

Também é interessante proporcionar aos seus clientes plataformas para negociação e pagamento, a fim de agilizar esse processo. A Meireles e Freitas oferece a solução digital de pagamentos MFPay, ferramenta que possui uma plataforma mobile para operações ativas, um portal desktop para operações receptivas e o portal promoter para operações de vendas diretas. Além desses portais, a ferramenta possui a plataforma de negociações de dívidas. O usuário tem acesso, a partir do cadastramento do seu CPF, a descontos previamente estabelecidos. Isso possibilita que os clientes consigam resolver a dívida de maneira mais rápida, podendo acessar as condições pelo celular para verificar todas as formas de pagamento que a empresa oferece. 

 

Esteja pronto para ajudar o cliente: 

O que isso significa? O diálogo nessas situações deve ser claro, passando para o cliente todas as informações da dívida e da negociação da melhor forma possível. Além disso, esteja disposto a sanar todas as dúvidas e questões. Para isso, é essencial oferecer canais de comunicação eficientes para um contato rápido, dessa maneira a negociação consegue ser resolvida com celeridade, o que é positivo tanto para a empresa como para o cliente. 


A Meireles e Freitas oferece soluções para que o seu processo de negociação de cobrança seja positivo, desde a análise das carteiras e perfis de inadimplentes, até a comunicação com o cliente através de canais de comunicação efetivos. Invista nessas soluções agora mesmo e entre em contato conosco através do telefone e whatsapp: (85) 99778.0071, ou pelo email: taynarocha@meirelesefreitas.com.br